Embaraça-me | Bang Bang Escrevi

Embaraça-me

22 de fev de 2010
Vou-lhes contar uma história,
não uma história qualquer.
Daquelas que fica para sempre na memória,
pois trata-se de uma mulher.
Mulher...
de olhos vivos, brilhantes.
De longe instigantes, fulminantes.
Meu coração pequeno palpitante
me deixa assim hesitante.
Cabelo macio,
embaraça-me em fios
com todo amor 
que tiver para dar.
Sorriso misterioso, impreciso.
Cheio de malícia, ficção.
Me deixa indeciso
perante uma convicção,
tornando-se assim indefinido.
E para todas as coisas indefinidas,
possibilidades infinitas.
Agora perto do final...
Se entrega afinal,
mulher ideal.
Escultura perfeita
para o pecado feita.
Me espera deitada.
Deito-me do seu lado.
Sinta-se beijada...
Sem frio... calafrio.
Sem febre... suando frio.
Arrepio.
O toque quente,
o corpo incandescente.
Roupas no chão,
a dor e o tesão.
O cabelo enrolado nas mãos,
no pescoço... as mordidas.
Nas costas... os arranhões.
Sussurros no ouvido,
nas pálpebras palpitações,
uma mesma batida
de dois corações.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
7 Comentários
7 comentários:
  1. Uau, parece q da pra sentir oq vc escreve oO ahushuashuauhs É muito boom![o q vc escreve =D]

    ResponderExcluir
  2. Askoaksoako vou começar a escrever coisas pra adultos aqui (66 osokakosa

    ResponderExcluir
  3. Muito perfeito. O Vivico é o melhor parceiro *-* Cachaça, palavras & abraços <3

    ResponderExcluir
  4. muitooo bom victor!
    nossa, envolvente do início ao fim!
    O melhor!

    ResponderExcluir

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.