Ab imo corde | Bang Bang Escrevi

Ab imo corde

2 de abr de 2010
Eu tenho aqueles sonhos
Que se perdem como o vento
E que flutuam como os barcos
Velejando em um oceano
Onde o céu não tem estrelas

E os viajantes não têm coração...
Sou de um mundo
Onde os vivos temem a vida
E caminham sem direção
Para tudo aquilo que lhes é dito
Pela televisão

Já andei pela estrada
Onde o caminho nunca acabava
E o tempo virava ansiedade
Quando olhava para o horizonte
E não se enxergava nada
Eu tenho aquela glória
Que existiu ontem
Que vai existir agora
Onde no meu caminho
Vou deixando história.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
3 Comentários
3 comentários:
  1. Olá... Nossa Parabéns mesmo... Belíssimo trabalho!!! Elogios devem vir aos montes, mas saiba menino, sua mente realemnte possui um dom... Continue aproveitando dessa maneira tão linda e preciosa... Não sei qual o intuito das palavras, conquistar, seduzir, amar, demonstrar, expressar; mas acredite elas podem muito mais do que vc imagina... Tanto para fazer feliz quanto para magoar... Elas são poderosas, ferem de maneira talvez irreverssível, ou fazem feliz para todo o sempre... faça bom uso...[obs. Sei que fará]

    ResponderExcluir
  2. Owwn *-*

    Obrigado anônimo seja quem for!

    ResponderExcluir

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.