Maio 2010 | Bang Bang Escrevi

Seja você mesmo

18 de mai de 2010
Não se preocupe com seus defeitos
Não tente mudar o jeito que você é,
Não tente se enquadrar no perfil de uma pessoa.
Se valorize.
Não abaixe a cabeça a ninguém.
Não caia na conversa de qualquer um.
Desabafe quando for preciso
Mas com a pessoa certa
Se precisar de ajuda
Peça a quem confia
Se quiser conquistar alguém
Seja romântico,
Seja carinhoso,
Tenha imaginação e,
Seja criativo.
Não seja clássico e,
Só improvise.
Deixe o sentimento nascer
Se apaixone mais vezes,
Faça novas amizades,
Conte segredos.
Brinque com os outros,
Tire um barato da vida,
Sonhe mais,
Mais os tire do papel,
Os torne realidade
Consiga o que quiser,
É só querer
E ter força de vontade
Não se iluda com os obstáculos
Na vida têm muitos
Uns são fáceis
Outros mais difíceis
Mas não desista, siga até o fim
Não se renda
Se, se render
Não desista,
Siga em outros sonhos
Viaje em novas aventuras
Mas nunca mude o seu jeito de ser
Sempre seja você mesmo
Por que é isso que te torna
Diferentemente especial.

Aniversários

10 de mai de 2010
Aniversários são datas engraçadas, todo dia tem um. Até quando o ano é bissexto tem alguém lá, no dia 29 de fevereiro comemorando o nascimento, o legal disso é que nos outros anos a pessoa comemora antes.
Dias de aniversário são cheios de acontecimentos. Nunca vi aniversário sem chuva, telefones que não param de tocar e gente chegando de tudo quanto é lado para te abraçar. Mas, pra mim aniversário tem um conceito errado.
A palavra aniversário vem do latim (alguma novidade nisso?), Anniversarius, Annus que siginifica ano e Vertere, voltar, ou seja,  aquilo que volta todos os anos. A gente comemora  a data que a gente nasceu. E não quando realmente fizemos um ano. Tá complicado né? Assim eu nasci dia 10 de maio, mas pra mim eu já possuía 9 meses, meu primeiro ano seria dia 10 de agosto, mas não, as pessoas teimam em zerar a contagem, e aquele tempo todo não valeu de nada, aquele primeiro momento e a luta pela sobrevivência simplesmente não contaram? Ainda tem mãe que vira e diz: “te esperei nove meses”.  E daí? Começou a contar a partir do dia que eu nasci e não desde a fecundação.
E com a popularidade das redes sociais hoje em dia e a facilidade de acesso, existem aqueles recados hipócritas de pessoas que mal falam com você e dão uma passada rápida pra dizer parabéns. É estranho isso, e o mais estranho é que as pessoas pouco se importam e aceitam isso numa boa. Como se desse algum tipo de aceitação social ou status.
Deixando essa indignação social de lado, vamos falar do que realmente importa, os amigos. Melhor presente que podemos ganhar. Abraços, beijos, abraços, abraços. Sentir saudade daqueles que estão muito longe para aparecem, reconciliar-se com os antigos que outrora pararam de se falar por uma discussão qualquer, Ah! Amigos a família que podemos escolher.
Se não para vocês? A quem eu dedicaria isso? Bons amigos, são aqueles que nas areias do tempo, não se dispersam no deserto, aquela corrente de grãos que vive do simples e sorri do bobo. Que chora por um fazendo todos chorarem. E que por mais que o tempo passe e as tempestades cheguem, nunca deixam desamparados aqueles que sabem  que podem confiar.

Borboleta

6 de mai de 2010
Nos seus olhos eu vejo um brilho
de uma borboleta que quer voar.
Sem destino, rumo a qualquer lugar.
Buscando achar um coração
onde possa pousar.

A borboleta é tão pequena,
frágil, doce e serena,
que merece a proteção
do dono do coração
que ela selecionar.

Como pode em uma fração de segundos
o destino de um homem mudar?
Ao achar uma borboleta que lhe encantou
e que em outros vales não encontrou,
mas nunca deixou de procurar.

A borboleta, tão pequena, tem um nome.
Um nome que não é fácil de esquecer
e tão pouco vou dizê-lo. Mas...
É uma morena de olhos castanhos e cabelos pretos
que fez meu mundo tremer.


 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.