Sorrir | Bang Bang Escrevi

Sorrir

18 de jan de 2011
Rir, sorrir sem medo, rir
com dor, rir, sorrir por amor.
Com amor, acreditar e rir,
rir porque a vida é sonhar.

Ao próximo um abraço apertado,
diferenças deixadas de lado.
Um grão de esperança,
uma colheita de perseverança.

Superar a dor, sorrir.
Rir porque venceu, sonhar,
voltar a sorrir
antes de para casa ir.

Sorrir, por ser criança
que não pode se entristecer.
por cair depois de se levantar
e mesmo assim continuar a dançar.

rir, por viver, agradecer.
Porque a vida e assim
essa luta sem fim,
no instinto de sobreviver.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
5 Comentários
5 comentários:
  1. Talvez eu tenha sido a primeira a ler este poema *-* tinha acabado de "baixar o santo" :B
    Você é minha inspiração, Victor. Te admiro muito.
    Agora sou assídua no Carpeare.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Ahh, por uma fração de segundo não foi ein, mas foi quase ao mesmo tempo. A minha fã número um que o diga.

    Seja assídua mesmo! RUM

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. \0/
    eeeeeeuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
    hasuhasuashuashsauhsa
    fã nº 1
    \0/
    fico mtoo bomm, e realmente, foi feito em uma fração de segundos hehe
    bjss Vi!!!

    ResponderExcluir
  4. Cada vez que lemos algo, depois de um tempo, interpretamos de uma forma diferente. Cada vez que leio seus texto, encanto-me mais.

    ResponderExcluir

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.