Carta ao Capitalismo | Bang Bang Escrevi

Carta ao Capitalismo

26 de out de 2011
Sistema capitalista,
você que nasceu da discórdia de homens e foi abençoado por cleros,  percebeu que foi impertinente e que usou tudo o que podia até quase esgotar todos os recursos para se manter, se vê sem saber o que fazer e de mão atadas, é com você mesmo que falo, que destruiu famílias - ou pelo menos a ideia do que era isso -, que matou homens, mulheres e crianças, que forjou golpes e guerras, privatizou os direitos da população, queimou tudo o que estava ao seu redor por dinheiro, que nada vale, pois ele não consegue comprar a dignidade e nem será suficiente para calar nações. O seu dinheiro de nada mais serve, e você se está pensando que pode nos ameaçar está errado, porque você precisa de pessoas para explorar para que essa diferença continue. Sua coercividade está sendo invadida, o mundo não é mais aquilo que vocês querem que ele seja. Por todos os lugares implodem revoltas e pessoas descontentes com o que sua gestão veio fazendo até então. Já não agrada o mundo esquecer-se de problemas que podem dizimar a raça humana e muito menos ficarem inertes quanto a situação da saúde e da educação, vocês até tentaram emburricar todo o planeta, mas a crítica é natural, é uma característica que não pode ser roubada e devido a isso, surgem pontos de resistência, que podem estar aí, do lado da sua casa senhor capital, pode ser seu vizinho, motorista, jardineiro, cozinheira. Eles estão em todos os lugares e a melhor arma tática que existe, são imperceptíveis na sociedade que fez questão de fingir que eles não existem, são imprevisíveis, são tudo o que vocês temem, são o povo, a maioria.
Represento, ironicamente, essa pequena parcela, o povo. E por eles assino essa pequena carta, mas de valor intangível, dizendo de uma maneira simples o que o futuro guarda para você: Sistema você vai cair.
Pode não ser hoje, nem amanhã, talvez eu nem viva para ver isso, mas se fosse te dar um conselho diria para você fazer suas malas, pois a sua batata está assando.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.