Mina da rua. | Bang Bang Escrevi

Mina da rua.

22 de dez de 2011
Ela ignora.
Passa.
Finge que não olha.
Sorri de canto.
Esnoba.
Se exibe.
Balança o cabelo
mostra o aparelho.
Está brincando, dançando.
Não diz que sim,
mas também não diz que não.
Acende um cigarro
assopra a fumaça para o alto.
Traga, conversa.
Sai caminhando, rebolando.
Não olha pra trás.
O pescoço quebra,
nego acompanha,
as outras invejando.
Sabe o que faz
Sai, sai, sai andando.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.