Pode vir | Bang Bang Escrevi

Pode vir

22 de dez de 2011
Ei, vem. Vem com jeitinho, de mansinho. Devagarinho.Entra no escuro do meu quarto, no calor do meu cobertor. Impregna meu travesseiro, lençol, eu com seu cheiro, com sua tentação. Com essa sua vontade vinda da minha, das minhas mensagens. Entra e entra outra vez. Entra fazendo carinho, puxando cabelo, batendo nas coisas, derrubando o que ficar de pé, torcendo os lençóis, descartando o cobertor e as roupas, arranhando as costas, mordendo os lábios, suando, cansando. Entra e fica, fica para dormir, que quando o sol sair eu faço um café-da-manhã pra você e levo na cama só pra te ver sorrir.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.