Idios #02: A "antofuckinmitológica" Escola Moderna | Bang Bang Escrevi

Idios #02: A "antofuckinmitológica" Escola Moderna

16 de mar de 2012
Essa semana fiquei triste. Lendo uma espécie de guia rápido sobre o anarquismo, encontrei um sistema educacional alternativo idealizado por Francisco Ferrer ao qual deu o nome de Escola Moderna e lá amigos, a coisa era linda. Não existia uma grade curricular as matérias existiam, mas os alunos escolhiam de quais queriam participar e a escola funcionava como um atelier onde eles podiam desenvolver essas habilidades. É turvo pensar nisso nos dias atuais, imagina você concluir seu ensino e não saber nada de matemática ou português (Não que isso seja possível, mas muda-se o nome para os Estudo dos números e Estudo da língua e a roupagem velha cai). Mas não era bem assim. A Escola Moderna se valia da Pedagogia Libertária que tornava o Ensino autônomo e de responsabilidade de quem quer aprender. <- Tem coisa mais linda do que isso.

As matérias
As matérias são colocadas à disposição do aluno, mas não são exigidas. São um instrumento a mais, porque o que realmente é importante para a pedagogia libertária é o conhecimento que resulta das experiências vividas pelo grupo. O método de ensino, portanto, dá-se na vivência grupal, é na forma de autogestão que os alunos buscarão encontrar as bases mais satisfatórias de sua própria aprendizagem, sem qualquer forma de poder. Trata-se de colocar nas mãos do aluno tudo que for possível. Os alunos têm liberdade de trabalhar ou não, ficando o interesse pedagógico na dependência de suas necessidades ou das do grupo.
O professor 
A pedagogia libertária considera desde o início a ineficácia e a nocividade de todos os métodos à base de obrigações e ameaças. Nesse sentido, o professor deve se por a serviço do aluno sem impor suas concepções e idéias, sem fazer do aluno um "objeto", ele deve se misturar ao grupo para uma reflexão em comum.
Toda essa liberdade de decisão tem um sentido bem claro. Se um aluno resolve não participar, o faz porque não se sente integrado, mas o grupo tem responsabilidade sobre esse fato e tem que colocar a questão em discussão.
As avaliações
O critério de relevância do saber é seu possível uso prático. Por isso mesmo não faz sentido qualquer tentativa de avaliação da aprendizagem, ao menos não em termos de conteúdo. 
Em suma: Mano, o bagulho é empírico.

É um sonho imaginar algo assim, já que a desobediência civil só existe na escola, onde ninguém se preocupa em aprender o que realmente é importante e se apega a teoria vomitada pelas diretrizes básicas das grades curriculares ~viagem~...
Enfim, nasceu o PCB e os comunistas caçaram a Escola Moderna, declarando o seu fim. É o que dizem, Marx era foda e os Marxistas fodidos.

Se informe mais e vá além (Pedagogia Libertária isso aqui)
Paideia - Pedagogia libertária
Wikipédia - Escola Moderna
Wikipédia - Paulo Freire
Wikipédia - Francisco Ferrer

Ah, vai me falar que o wikipédia não tem credibilidade? já sabe a resposta.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.