Setembro 2012 | Bang Bang Escrevi

09/12

25 de set de 2012
A cidade que não adormece a anos funcionando sem cessar. Se você é daqui entende que falar de São Paulo é um longo conto de amor e ódio. Porque você odeia o trânsito, a chuva, as pessoas e a imponência dos edifícios quando você está nas entranhas dessa máquina incessável, dessa coisa que tem vida própria. Uma vez fora lá na sua casa ou na janela do seu apartamento você adora o barulho que a chuva faz, as luzes dos carros no trânsito, a arquitetura eclética das construções ou até mesmo a imponente inglesa estação da Luz. São Paulo a cidade dos artistas de rua. Gente que vem de tudo quanto é canto do país pra tentar a sorte aqui. Os sonhos daqui são como as estrelas no universo. Espalhando-se pela imensidão de concreto e aço. Sobretudo o contraste do que se é observado aqui é igual o que se tem em todo o planeta em qualquer cidade desenvolvida. São Paulo é só mais uma que perdeu toda sua excentricidade. A excentricidade existe, mas é normal.

Só um pedaço de um texto velho
 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.