Review Nº 1 | Sleepy Hollow 1x1 "Pilot" | Bang Bang Escrevi

Review Nº 1 | Sleepy Hollow 1x1 "Pilot"

18 de set de 2013
Essa é a coluna que acompanha a Dando Uma Chance, lá nós vemos o que a série planeja mostrar e aqui o que ela mostrou no seu primeiro episódio. Iniciaremos a Review Nº 1 com o episódio Piloto de Sleepy Hollow, novo drama/ação sobrenatural da Fox. Vamos lá...
O primeiro episódio da série fez a introdução dos personagens e matou todas as estrelas convidadas para o piloto.

DESPERTAR || Ichabod Crane (Tom Mison) está em Nova Iorque em 1781, em uma batalha no Vale Hudson, quando é atacado por um soldado com um machado, na mão que o empunha tem uma marca que achei que era uma cruz, mas depois revelou-se um arco. Ichabod é atingido e quando o soldado ia executá-lo ele puxa o sabre e decapita-o, depois desmaia. Acorda em uma espécie de caverna, sai e caminha até a estrada. Essa será o tipo de série que sempre vai ter alguma coisa do paradigma de acordei em outro século e as coisas mudaram. A estrada é a primeira coisa que Ichabod estranha. Logo depois toca Sympathy for the Devil dos Rolling Stones e estamos em outra cena.
ABBIE MILLS || Abbie (Nicole Beharie) está em uma cafetaria, daquelas de cidade pequena e com ar aconchegante conversando com o Xerife Corbin (Clancy Brown), ela vai para quântico (FBI), mas ele diz que talvez ela esteja fugindo. Ela é o tipo de pessoa que sempre espera mais para si e uma cidade pequena não é o lugar para esse tipo específico. Eles recebem um chamado sobre cavalos assustados e vão verificar. Lá conhecem o Decapitado. Ele mata Corbin e vai embora montado em um cavalo branco. Antes de saírem da cafeteria rolou um clima estranho entre o xerife e o Reverendo da cidade (Patrick Gorman).

A PRISÃO || Crane é preso por Andy (John Cho) e levado a delegacia, começa a contestar os direitos, mais do paradigma, fala da Abbie por ela ser negra e a escravidão, essas coisas. Ele é interrogado, passa pelo polígrafo e conta sua história. Descobrimos que esteve ao lado de George Washington e que sua esposa se chama Katrina (Katia Winter) e era enfermeira. O interrogador mostra uma nota de 1 dólar pra ele. Parece que a série vai ir fundo nas histórias da guerra civil e da simbologia dos EUA. A pirâmide com o olho vai aparecer outra vez no episódio. O Cap. Irving (Orlando Jones) não acredita em nada do que ele disse e é o cético da vez. Mais paradigmas enquanto Crane brinca com o vidro elétrico do carro e pergunta sobre a Starbucks.
A TUMBA || No caminho para tumba, o Reverendo vê Crane e parece reconhecê-lo. Abbie o leva até lá encontram um livro, a bíblia. Esse é o nosso elo com a religião. Livro das revelações, sobre os cavaleiros do apocalipse. Começa a construção da teoria que ligará as ações do passado com o futuro. Enquanto estão na tumba o Decapitado vai atrás do padre, que fala umas palavras e começa a controlar umas correntes... Depois grita dizendo que nunca contará onde está... O quê? Ainda não sabemos. Depois morre, desse jeitinho aí do gif..

PASSADO, INFÂNCIA E LEGADO || Abbie aparece na cena do crime e deixa Crane no carro, durante todo o episódio tem um pássaro que o segue e parece que nesse momento ele entende que o pássaro quer ajudá-lo. Ele o leva até o túmulo da sua ex-esposa e na lápide está escrito que ela foi morta por bruxaria. Abbie o leva até o hospital psiquiátrico para dormir, lá ela conta que já teve acontecimentos assim na infância, que viu 4 árvores brancas na floresta que apareceram do nada, enquanto voltava da escola com sua irmã. No flashback da história tem uma criatura parecida com o Fauno do Guilermo del Toro cuidando das árvores... Ela deve ter sentido saudade e por isso voltou no escritório do Xerife Corbin, mexendo em suas coisas ela encontra uma chave que abre um compartimento secreto onde ele guarda arquivos de casos não solucionados ligados a eventos sobrenaturais, inclusive a história dela e da irmã.

FRENTES DE BATALHA || Nas gravações do Xerife Corbin ele menciona dois grupos, um para o bem e outro para o mal. Que os membros mudam de nomes e identidades conforme os anos passam, mas que são sempre as mesmas pessoas. Crane menciona que antes da batalha no Vale Hudson, George Washington o chamou até o seu quarto para dizer que a batalha não representava o futuro apenas da guerra, mas do mundo - isso é chato, sempre os EUA que salvam o planeta. Abbie vai buscar Crane no hospital. Ele sonhou com sua esposa, que foi a mancada do episódio, revelou tudo. Ela conta das árvores, que ele tem um elo de sangue com o cavaleiro, da bíblia, que alguém controla o cavaleiro e essa mesma pessoa a prendeu em algum lugar, mas a principal é que o cavaleiro procura a sua cabeça que está enterrada no túmulo dela.
O DECAPITADO || Andy está chegando em casa e descobre que a porta foi arrombada, quem está lá dentro? Ele mesmo, o Decapitado. Andy diz que sabe onde está o que ele procura. Sim, ele é do outro grupo, mas isso não é importante. O Decapitado pegou varias armas, uma espécie de upgrade. Cena de ação no cemitério, com tiroteio e um pouco de comédia, o sol nasce e o Decapitado vai embora sem o que ele veio buscar. Na delegacia Abbie diz que não vai mais para quântico e o fauno reaparece.  População 143.996
É isso aí pessoal. A série mereceu uma chance e aqui está ela.
Minha decisão: Vou acompanhar porque a achei engraçada, com um toque de suspense e ação, só não pode entregar tudo toda vez que a Katrina aparecer. Além disso, toca Rolling Stone, tem aquela coisa de desvirtuar a história, é a adaptação de um livro, mexe com simbologias, o romance parece ser mínimo e a atuação do Tom Mison, que parece o Pope de Falling Skies, está sensacional. Sem falar no promo.
A série vai ao ar todas as segundas.

Sleepy Hollow 1x02 Promo "Blood Moon"

Leia mais sobre Séries, outras Reviews ou Sleepy Hollow.
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.