Livros | Livre, Cheryl Strayed ganhando vida | Bang Bang Escrevi

Livros | Livre, Cheryl Strayed ganhando vida

15 de out de 2013
Luz, câmera e ação.
Começaram as filmagens em Oregon da adaptação para o cinema do livro Livre, de Cheryl Strayed. Dirigido por Jean-Marc Vallée (Dallas Buyers Club) e estrelado por Reese Witherspoon. A história narra a viagem de uma mulher que após ter seu casamento dissolvido e o falecimento da mãe decide caminhar sozinha a Pacific Crest Trail, uma trilha que se estende da fronteira dos EUA com o Canadá até a fronteira do México. O roteiro é de Nick Hornby (Alta Fidelidade). Fonte: Collider.
Um fato interessante: A própria Reese Witherspoon adora o livro.

Sinopse do filme

Com a dissolução do seu casamento e a morte de sua mãe, Cheryl Strayed (Reese Witherspoon) perdeu toda a esperança. Depois de anos de comportamento imprudente e destrutivo ela toma uma decisão precipitada. Com absolutamente nenhuma experiência, impulsionada somente por pura determinação, Cheryl caminha os mais de mil milhas da Pacific Crest Trail, sozinha. WILD poderosamente capta os terrores e prazeres de uma jovem mulher avançando contra todas as probabilidades em uma viagem que enlouquece, fortalece e, finalmente, cura-a.
Lost in Translation: Wild significa selvagem, mas na sua publicação aqui pela Editora Objetiva o título do livro virou Livre, que em uma tradução literal para o inglês tornaria-se Free.

Como estamos falando de um livro também, então que tal um booktrailer?  

Sinopse do livro

Aos 22 anos, Cheryl Strayed achou que tivesse perdido tudo. Após a repentina morte da mãe, a família se distanciou e seu casamento desmoronou. Quatro anos depois, aos 26 anos, sem nada a perder, tomou a decisão mais impulsiva da vida: caminhar 1.770 quilômetros da Pacific Crest Trail (PCT) – trilha que atravessa a costa oeste dos Estados Unidos, do deserto de Mojave, através da Califórnia e do Oregon, em direção ao estado de Washington – sem qualquer companhia. Cheryl não tinha experiência em caminhadas de longa distância e a trilha era bem mais que uma linha num mapa. Em sua caminhada solitária, ela se deparou com ursos, cascavéis e pumas ferozes e sofreu todo tipo de privação.
Em Livre, a autora conta como enfrentou, além da exaustão, do frio, do calor, da monotonia, da dor, da sede e da fome, outros fantasmas que a assombravam. “Todo processo de transformação pessoal depende de entrega e aceitação”, afirma. Seu relato captura a agonia, tanto física quanto mental, de sua incrível jornada; como a enlouqueceu e a assustou e como, principalmente, a fortaleceu.
O livro traz uma história de sobrevivência e redenção: um retrato pungente do que a vida tem de pior e, acima de tudo, de melhor.

Você ainda pode ler um trecho :)
Leia mais sobre Adaptações | Livros | Cinema
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.