Séries | Retorno de Homeland, Elementary, Person of Interest e Hawaii Five-0 | Bang Bang Escrevi

Séries | Retorno de Homeland, Elementary, Person of Interest e Hawaii Five-0

8 de out de 2013
Post para comentar brevemente o retorno de séries já consolidadas.
Esperei ver um ou dois episódios de cada para comentar, porque às vezes as séries exageram no Season Premiere e decaem logo em seguida, voltando a monotonia. Isso acontece principalmente em série que possuem muitos episódios por temporada. Que nesse post, só não é o caso de Homeland. Mas vamos ao que interessa!
//Hawaii Five-0: Vou começar por ela, por ser uma das minhas séries favoritas devido a sua dinâmica de somar o ambiente sério de um departamento especial da policial com intrigas de família, amizade e comédia na dose certa. Confessando para vocês, eu estava com saudades do Danno (Scott Caan), porque ele é o oposto do McGarrett (Alex O'Loughlin) e essa balança torna a série divertida, mas não um besteirol. Estamos em sua 4ª temporada e ainda falamos de Wo Fat (Mark Dacascos). Os mistérios acerca desse personagem são infinitos, também desconfiei em algum momento que ele seria meio-irmão do McGarrett, mas não rolou. O primeiro episódio foi tenso, com terroristas fazendo reféns dentro do prédio da 5-0 e o McGarrett pegando carona em um helicóptero. O segundo já foi mais leve e trouxeram a irreverência do Danno e o sua empatia quando o caso é do tipo pai/filha. Não podemos esquecer da Kono "arrebenta todo mundo" Kalakaua (Grace Park) que está fugindo junto com o mano da Yakuza que não é relevante e a lindíssima Cath (Michelle Borth), que apanha, mas não quebra.

//Person of Interest: John Reese (Jim Caviezel) e Harold Finch (Michael Harrison) voltaram a ativa no lance dos CPFs sem grandes tramas envolvidas, apenas salvando pessoas em perigo. Na sua 3ª temporada a presença da Agente Shaw (Sarah Shahi) é mais constante e ela atua como ajudante dos nossos velhos amigos e, sinceramente, ela é um monstro. Aquele tipo de agente que não deixa o campo nunca. Depois das merdas da última temporada a Detetive Carter (Taraji P. Henson) perdeu seu cargo e foi rebaixada a Oficial, policial que faz patrulhas. A Super Usuária/Root (Amy Acker) está internada em uma instituição psiquiátrica e parecia estar very crazy, mas a máquina tem se comunicado com ela e ela continua uma sociopata. No final do segundo episódio um grande inimigo se forma e se apresenta como possível ameaça da temporada, por enquanto são denominados apenas por "eles". Elias (Enrico Colantoni) está de volta ao jogo.
//Elementary: Aqui estamos nós para a 2ª temporada do detetive mais insano de todos os tempos, e claro, da Watson (Lucy Liu) mais linda/sexy que qualquer Holmes poderia desejar. Elementary possui um ritmo lento e uma trama picada, as peças vão se encaixando com o tempo. Nada foi dito sobre a Irene Adler (Natalia Dormer), porém, fomos apresentados ao seu irmão. Mycroft Holmes (Rhys Ifans) que quer se aproximar de Holmes (Jonny Lee Miller) e também vimos pela primeira vez o apartamento 221B da Baker Street em Londres.
//Homeland: Essa aqui é sempre tensa, desde o primeiro episódio. Estamos em sua 3ª temporada e Brody (Damian Lewis) é tão fugitivo que nem deu as caras no primeiro episódio. A Season Premiere ficou responsável por relatar o pós atentado na CIA e apontar a culpa para Carrie (Claire Danes), enquanto Saul (Mandy Patinkin) passava a faca na geral. Na verdade a corda só está arrebentando para o lado mais fraco e está formando a ideia de acabar com a CIA devido o seu fracasso em se defender de uma ameaça interna. Eu só vi um episódio de Homeland, mas pelo que deu pra perceber por fotos e promos é que essa temporada vai ficar dividida entre Brody, Saul e Carrie.

Leia mais sobre séries
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.