Parceria | Editora Reformatório | Bang Bang Escrevi

Parceria | Editora Reformatório

30 de jul de 2014
A Editora Reformatório é nossa primeira parceria do tipo, e nós aqui do blog estamos muito felizes com esse novo passo, mas não aparecemos por aqui hoje para falarmos de nós, e sim, deles.
Abaixo tem a descrição da editora sobre si, eu ia resumir mas gostei tanto do texto que resolvi deixar ele inteiro aqui para vocês.

A Editora

Uma vez ultrapassados os portões que nos desvelam um livro e dados os primeiros passos no território da literatura, nos encontramos em um espaço arrebatador que aos poucos se converte diante de nossos olhos em exuberante vida. Não a vida que pensamos como única possível, mas a que poderia ser, a que foi, a que nunca será.
É preciso criar a possibilidade de novas visões, experimentar, ser o que não se é. A literatura, portanto, não se trata apenas de entretenimento, ela deve ser uma chave a destrancar mundos.
Livros transformam o ser humano, devemos abri-los como uma pessoa e os fecharmos como outra, como alguém que conserva em si todos os sonhos do mundo, todas as imagens possíveis.
Nossos portões estão abertos e ao ultrapassá-los nossos leitores não encontrarão a segurança do chão firme, mas a liberdade do abismo.
A Editora Reformatório tem como proposta o cuidado com suas edições e o compromisso com a liberdade de seus leitores e autores.
Acreditamos na literatura e convidamos a todos a se enveredar por um caminho que, esperamos, seja sem volta.

Legal né? Isso é a Reformatório.

Os Livros

Até então, a editora tem seis livros publicados e um diferencial deles é que cada livro tem seu site próprio. Entre os autores estão Luiz Alberto Mendes e Mafra Carbonieri, finalistas do Prêmio Jabuti e um sétimo a ser lançado, assinado, por ninguém mais, ninguém menos, do que Zeca Baleiro. Conheci a editora através da distribuição de livros gratuitos do Sarau do Binho e o cuidado da editora na produção é fantástica.
Como a editora tem seis títulos e eu só resenhei um, vou deixar a descrição do resenhado aqui, com maior destaque e o link para os sites independentes dos outros cinco.

A Ruptura - Robson Gamaliel | Site do livro
Livro de estréia do poeta paulistano Robson Gamaliel. Os poemas que compõem "A Ruptura" são assombrados pelo fantasma das quebras violentas e das roturas inesperadas. Em seus versos, todas as camadas de vida estão em iminente desmembramento e não é o cenário do pós-rompimento que interessa o autor, mas o denso microcosmo que envolve a própria fratura.
Gênero: Poesia
Número de páginas: 116
Tamanho: 14 x 21 cm

Outros títulos


O mais legal, é que o Robson, do livro A Ruptura, é o sócio-editor da Reformatório que entrou em contato comigo, e já adiantando para vocês, queridos leitores, está pra chegar em minha humilde residência os títulos Como são cativantes os jardins de Berlim, de Décio Zylbersztajn; e Reminiscências, de Marcelo Nocelli. E vocês não sabem como adorei o título como são cativantes os jardins de Berlim, achei muito sonoro e um convite transcendental para um outro lugar que tem como única função cativar.

Para aquele momento em que você abre um e-mail que não estava esperando
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.