Especial | Bienal 2014, Lado A: Compras | Bang Bang Escrevi

Especial | Bienal 2014, Lado A: Compras

26 de ago de 2014
Bom dia pessoal, como prometido essa é a postagem com as minhas compras na Bienal, fui humilde e não gastei tanto, mas vamos lá.

Primeiramente, essa é minha primeira vez na Bienal, tentei economizar, porque estou em um emprego novo, e ainda estou pagando as contas do limite do banco, anyway, livros são livros e quanto mais a gente tem, mais a gente quer. Tentei fugir de lançamentos e títulos muito caros, dei uma boa garimpada lá e encontrei alguns títulos que eu estava procurando, e também, dei alguns tiros no escuro.

Comprei no total 5 livros, o mais caro deles foi Anardeus: No calor da destruição, do Walter Tierno, que conheci através do Psychobooks, paguei R$ 17 e ganhei um autógrafo, esse livro eu fui atrás, na seca, porque já tinha muito tempo que eu queria comprar, então quando vi que a Giz Editorial ia estar no evento, fui com esse objetivo. Também, passei no estande da Intrínseca e arrematei mais dois títulos, Gataca, do Franck Thilliez, do qual já possuo A Síndrome E e O Segundo Suspiro, de Phillippe Pozzo di Borgo, que conta a história que inspirou o filme os Intocáveis, que é sublime. Depois passei no humilde, mas lindo estande, do Grupo Autêntica, responsáveis pelos selos Gutenberg, Nemo e Vestígio e arrematei mais dois, Meu amigo Jesus Cristo, do Lars Husum e Prenda-me, por favor!, da Catharina Ingelman-Sundberg, tirando Anardeus, em todos os outros eu paguei R$ 9.

Diferente de todas as editoras, a Giz ainda me concedeu o desconto de 40% no preço do livro, que era de 23 e pouquinho, por eu ser blogueiro. E no estande da Autêntica tinha uma promoção boa, para livros que não estavam em promoção, que na compra de coleções Vestígio ou da coleção Depois dos 15, você tinha desconto. Mas o lindo mesmo, que eu não pude comprar, porque aí, é outro nível de ostentação, foram as lindas HQs da Nemo, como Peter Pan, do Loisel, Moebius, Tetralogia Monstro, vish. Lindas, mas não foi dessa vez, por isso já dei entrada no fundo de compras da Bienal de 2016, se eu não for na do Rio em 2015.

Além das minhas compras, ainda assinei a Superinteressante e ganhei brindes da Editora Abril, sem falar nos 30 marcadores, sacolas bonitas e mais uma montanheira de papel, que é típico de qualquer feira. E minha namorada, que foi de expectadora, ainda comprou - que na verdade trocamos, ela me deu os da Gutenberg e eu dei esse pra ela - Quimioterapia e Beleza, da Flávia Flores, publicado pela Geração Editorial e um livro lindo e enorme da Le Cordon Bleu, em capa dura e com folhas em couché, inteiramente sobre chocolate.

No próximo só vou falar da feira...

#bienaldolivrosp
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.