Dezembro 2014 | Bang Bang Escrevi

Livros | 1984 e O Pintassilgo invadirão as telonas

27 de dez de 2014
A Sony Pictures é a responsável pela criação de uma nova versão do clássico romance distópico de George Orwell, 1984. Paul Greengrass (Saga Bourne) está cotado para dirigir, e Scott Rudin está produzindo com Gina Rosenblum. Eles estabeleceram como escritor, James Graham, Michael De Luca entra como supervisor. Para saber mais, leia a nossa resenha do livro aqui no blog.

O Pintassilgo, vencedor do prêmio Pulitzer, de Donna Tartt, foi escolhido pela Warner Bros. para ser adaptado em um longa assinado por Peter Straughan (O Espião que Sabia Demais). A produção é uma ação conjunta entre a RatPac Entertainment e WB.

Leia mais sobre Adaptações

SAG 2015 | Birdman e Modern Family, lideram as indicações

Agora vamos com o Screen Actor Guild, a Associação de Atores, diferente das outras comissões não premia nas categorias técnicas como som, efeitos, direção e roteiro. Ela atem-se a premiar apenas atores e performances, sendo a maior parte desses prêmios destinados a Televisão.

Este ano o destaque principal vai para Benedict Cumberbatch e Edward Norton, que receberam 3 indicações distintas cada. Cumberbatch, por seu papel em, O Jogo da Imitação (The Imitation Game), ele concorre em melhor elenco e Melhor Ator em longa, e também, está entre os indicados em Melhor Ator em Telefilmes e Minisséries, pelo espetacular Sherlock. E o Norton, que concorre pela primeira vez, entra na lista por seu papel de principal em Birdman e pelos elencos de O Grande Hotel Budapeste e Birdman.

Birdman, foi o filme com maior número de indicações, somando 4. Boyhood, A Teoria Sobre Tudo e O Jogo da Imitação, ficam com o segundo lugar, somando 3 categorias, ambos. Já na TV, Modern Family lidera com 4 indicações; e Game of Thrones, Boardwalk Empire, House of Cards e Homeland, somam 3.

Em relação aos estúdios que produzem os longas, a Fox Searchlights, lidera com 6 indicações, a Sony Pictures e a Weinstein Company, ficam com 4, indicações cada. Nas telinhas, sem surpresa, dos últimos anos para cá, a HBO vem liderando, este ano, ela chega com 14 indicações, seguida de longe pelas concorrentes, ABC, Netflix e Showtime, com 5 para cada.

Concorrem pela primeira vez Uzo Aduba, Maggie Gyllenhaal, Felicity Jones, Keira Knightley, Tatiana Maslany e Edward Norton, como visto acima. Já nas séries, recebe a primeira indicação Brooklyn Nine-Nine e Orange is the New Black.

Cinema


Melhor Ator em Filme

STEVE CARELL - John du Pont – “FOXCATCHER”
BENEDICT CUMBERBATCH - Alan Turing – “THE IMITATION GAME”
JAKE GYLLENHAAL - Louis Bloom – “NIGHTCRAWLER”
MICHAEL KEATON - Riggan – “BIRDMAN”
EDDIE REDMAYNE - Stephen Hawking – “THE THEORY OF EVERYTHING”

Melhor Atriz em Filme

JENNIFER ANISTON - Claire Bennett – “CAKE”
FELICITY JONES - Jane Hawking – “THE THEORY OF EVERYTHING”
JULIANNE MOORE - Alice Howland-Jones – “STILL ALICE”
ROSAMUND PIKE - Amy Dunne – “GONE GIRL”
REESE WITHERSPOON - Cheryl Strayed – “WILD”

Melhor Ator Coadjuvante em Filme

ROBERT DUVALL - Joseph Palmer – “THE JUDGE”
ETHAN HAWKE - Mason, Sr. – “BOYHOOD”
EDWARD NORTON - Mike – “BIRDMAN”
MARK RUFFALO - Dave Schultz – “FOXCATCHER”
J.K. SIMMONS - Fletcher – “WHIPLASH”

Melhor Atriz Coadjuvante em Filme

PATRICIA ARQUETTE - Olivia – “BOYHOOD”
KEIRA KNIGHTLEY - Joan Clarke – “THE IMITATION GAME”
EMMA STONE - Sam – “BIRDMAN”
MERYL STREEP - The Witch – “INTO THE WOODS”
NAOMI WATTS - Daka – “ST. VINCENT”

Melhor Elenco de Filme

BIRDMAN
BOYHOOD
THE GRAND BUDAPEST HOTEL
THE IMITATION GAME
THE THEORY OF EVERYTHING

Melhor Equipe de Dublês em Filmes

“FURY”
“GET ON UP”
“THE HOBBIT: THE BATTLE OF THE FIVE ARMIES”
“UNBROKEN”
“X-MEN: DAYS OF FUTURE PAST”

Televisão


Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme

ADRIEN BROD - Harry Houdini – “HOUDINI”
BENEDICT CUMBERBATCH - Sherlock Holmes – “SHERLOCK: HIS LAST VOW”
RICHARD JENKINS - Henry Kitteridge – “OLIVE KITTERIDGE”
MARK RUFFALO - Ned Weeks – “THE NORMAL HEART”
BILLY BOB THORNTON - Lorne Malvo – “FARGO”

Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme

ELLEN BURSTYN - Olivia Foxworth – “FLOWERS IN THE ATTIC”
MAGGIE GYLLENHAAL - Nessa Stein – “THE HONORABLE WOMAN”
FRANCES McDORMAND - Olive Kitteridge – “OLIVE KITTERIDGE”
JULIA ROBERTS - Dr. Emma Brookner – “THE NORMAL HEART”
CICELY TYSON - Carrie Watts – “THE TRIP TO BOUNTIFUL”

Melhor Ator de Série Dramática

STEVE BUSCEMI - Enoch “Nucky” Thompson – “BOARDWALK EMPIRE”
PETER DINKLAGE - Tyrion Lannister – “GAME OF THRONES”
WOODY HARRELSON - Martin Hart – “TRUE DETECTIVE”
MATTHEW McCONAUGHEY - Rust Cohle – “TRUE DETECTIVE”
KEVIN SPACEY - Francis Underwood – “HOUSE OF CARDS”

Melhor Atriz de Série Dramática

CLAIRE DANES - Carrie Mathison – “HOMELAND”
VIOLA DAVIS - Annalise Keating – “HOW TO GET AWAY WITH MURDER”
JULIANNA MARGULIES - Alicia Florrick – “THE GOOD WIFE”
TATIANA MASLANY - Sarah/Cosima/Alison/Rachel/Helena/Tony/Jennifer and Various Others – “ORPHAN BLACK”
MAGGIE SMITH - Violet, Dowager Countess of Grantham – “DOWNTON ABBEY”
ROBIN WRIGHT - Claire Underwood – “HOUSE OF CARDS”

Melhor Ator de Série Cômica:

TY BURRELL - Phil Dunphy – “MODERN FAMILY ” (vencedor 2014)
LOUIS C.K. - Louie – “LOUIE”
WILLIAM H. MACY - Frank Gallagher – “SHAMELESS”
JIM PARSONS - Sheldon Cooper – “THE BIG BANG THEORY”
ERIC STONESTREET - Cameron Tucker – “MODERN FAMILY”

Melhor Atriz de Série Cômica:

UZO ADUBA - Suzanne “Crazy Eyes” Warren – “ORANGE IS THE NEW BLACK”
JULIE BOWEN - Claire Dunphy – “MODERN FAMILY”
EDIE FALCO - Jackie Peyton – “NURSE JACKIE”
JULIA LOUIS-DREYFUS - Vice President Selina Meyer – “VEEP” (Vencedora 2014)
AMY POEHLER - Leslie Knope – “PARKS AND RECREATION”

Melhor Elenco de Série Dramática

BOARDWALK EMPIRE
DOWNTON ABBEY
GAME OF THRONES
HOMELAND
HOUSE OF CARDS

Melhor Elenco de Série Cômica

THE BIG BANG THEORY
BROOKLYN NINE-NINE
MODERN FAMILY
ORANGE IS THE NEW BLACK
VEEP

Melhor Equipe de Dublês em Séries

“24: LIVE ANOTHER DAY”
“BOARDWALK EMPIRE”
“GAME OF THRONES”
“HOMELAND”
“SONS OF ANARCHY”
“THE WALKING DEAD”

Pelas Realizações em Vida: Debbie Reynolds

Outras Premiações:
Oscar 2015 | Saiba tudo o que está acontecendo nas preliminares 
PGA 2015 | Com metade dos indicados
Annie 2015 | O Oscar da animação

Crítica | O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos

I see fire... Essa foi a frase que a minha namorada mais ouviu nos últimos meses, a música de encerramento de O Hobbit: A Desolação de Smaug, sim a expectativa era enorme para A Batalha dos Cinco Exércitos. Ainda mais por que acabei lendo o livro entre um e outro. Então já sabe né? Entrei na sala do cinema com a sensação de Puta-que-o-pariu o que será que mudaram? E também, já alguns meses venho desconfiando que o Hobbit acabaria exatamente onde a trilogia de O Senhor dos Anéis começa. Oh Lord Peter Jackson, confiamos em você.

Quanto ao filme, seu design e etc. não existe muito para se falar, afinal é uma continuação então eles mantiveram o nível dos filmes anteriores, e como já ficou tarde para o Oscar, talvez na edição de 2016 encontraremos O Hobbit em duas ou três categorias.

A Batalha dos Cinco Exércitos é a consagração da cobiça do Thorin e a volta a humildade. O Hobbit, tem um quê muito forte do simbolismo da amizade e do quanto ela pode ajudar a superar barreiras, e todo esse paralelo é traçado em cima da dualidade do pequeno Bilbo, que tem o coração de um corajoso Hobbit, amistoso e fiel, mas que também guarda um segredo obscuro. Em si, essa "lição de moral", vamos chamar assim, que o Bilbo dá em Thorin, é daquele tipo que você encontra em histórias que tem algo a ensinar, que você quer mostrar para seus filhos, para que eles tenham algo para se inspirarem.

O meu maior temor em relação ao filme é que a morte do Smaug fosse algo banal, por que no livro, aff! Nem vale a pena. E aqui o primeiro ponto do Peter Jackson, em seguida vemos um belo balé de elfos em frente aos portões de Erebor, Orcs de tudo quanto é lado, guerras e tudo o que esperávamos, até o momento em que o Bilbo fica desacordado e aí meu amigo, é invenção pura. que completou uma bela lacuna na história, que nos leva diretamente para O Senhor dos Anéis, sim, outro ponto, a Saga do Anel agora conta com 6 filmes.

Aprovo todas as mudanças, a Tauriel, o Legolas e afins, ponto mais que positivo para a versão demônio da Galadriel (medo), ninguém esperava aquilo. O filme é tão emocionante, que parece curto, acontece um milhão de coisas, rapidamente, e puff! Ele acaba. Na foto abaixo é possível ver a divisão da história em relação ao livro, respectivamente de cima para baixo, primeiro, segundo e terceiro filme.

O melhor de tudo é que o nosso querido Peter, chamou um amigo das antigas para cantar a música tema dos créditos, Billy Boyd.

E assim termino a resenha, Lá e De Volta Outra Vez.

Você pode gostar também de:
Resenha de O Hobbit, J.R.R. Tolkien
Crítica: O Hobbit: Uma Jornada Inesperada
Crítica: O Hobbit: A Desolação de Smaug

Oscar® 2015 | 15 avançam em Melhor Documentário

Vale lembrar que essa lista possuía mais de 130 títulos, e aqui mais dois brasileiros ficaram para trás. "This is not a ball", do Vik Muniz, disponível no Netflix, e "Elena", produzido e dirigido pela Petra Costa

"Art and Craft," Purple Parrot Films
"The Case against 8," Day in Court
"Citizen Koch," Elsewhere Films
"CitizenFour," Praxis Films
"Finding Vivian Maier," Ravine Pictures
"The Internet’s Own Boy," Luminant Media
"Jodorowsky’s Dune," City Film
"Keep On Keepin’ On," Absolute Clay Productions
"The Kill Team," f/8 filmworks
"Last Days in Vietnam," Moxie Firecracker Films
"Life Itself," Kartemquin Films and Film Rites
"The Overnighters," Mile End Films West
"The Salt of the Earth," Decia Films
"Tales of the Grim Sleeper," Lafayette Film
"Virunga," Grain Media

A lista final de indicados será anunciada dia 15 de Janeiro de 2015, até lá.

Leia mais sobre O Oscar

Oscar® 2015 | Melhor Filme Estrangeiro, 7 ficam de pé

É não deu para o Brasil, o Hoje eu quer voltar sozinho (The Way He Looks), do Daniel Ribeiro, não avançou na competição, aqui os sete que permanecem na disputa.

Argentina, "Wild Tales," Damián Szifrón
Estonia, "Tangerines," Zaza Urushadze
Georgia, "Corn Island," George Ovashvili
Mauritania, "Timbuktu," Abderrahmane Sissako
Netherlands, "Accused," Paula van der Oest
Poland, "Ida," Paweł Pawlikowski
Russia, "Leviathan," Andrey Zvyagintsev
Sweden, "Force Majeure," Ruben Östlund
Venezuela, "The Liberator," Alberto Arvelo

A lista final de indicados será anunciada dia 15 de Janeiro de 2015, até lá.

Leia mais sobre O Oscar

Oscar® 2015 | Pré-Indicados em Melhores Efeitos Especiais

Estão Pré-Indicados

Capitão América: O Soldado Invernal
Dawn of the Planet of the Apes
Godzilla
Guardiões da Galáxia
O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos
Interstellar
Maleficente
Uma Noite no Museu 3
Transformers: A Era da Extinção
X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

A lista final de indicados será anunciada dia 15 de Janeiro de 2015, até lá.

Leia mais sobre O Oscar

Oscar® 2015 | Pré Indicados em Melhor Maquiagem e Cabelo

Avançam na disputa pelo título de Melhor Maquiagem e Cabelo, lembrando que apenas 3 filmes concorrem nessa categoria.

"O Espetacular Homem-Aranha 2"
"Foxcatcher"
"O Grande Hotel Budapeste"
"Guardiões da Galáxia"
"Maleficente"
"Noé"
"A Teoria Sobre Tudo"

A lista final de indicados será anunciada dia 15 de Janeiro de 2015, até lá.

PS. Não sei bem se entendi direito na tradução, mas parece que os indicados serão conhecidos no dia 10 de janeiro, depois de uma apresentação aos jurados, dos sete pré-indicados,

Leia mais sobre O Oscar

Oscar® 2015 | Pré-Indicados em Melhor Canção Original

Essa lista é bem grande, 79 títulos concorrem as indicações de Melhor Canção Original este ano, Vou destacar alguns, o restante fica por conta do leia mais... Lembrando que nessa categoria misturam-se todos os gêneros.

"It's On Again" de "O Espetacular Homem-Aranha 2"
"Opportunity" de "Annie"
"Immortals" de "Operação Big Hero 6"
"Not About Angels" e "Let Me In"  "A Culpa é das Estrelas"
"The Last Goodbye" de "O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos"
"For The Dancing And The Dreaming" de "Como Treinar o Seu Dragão 2"
"Yellow Flicker Beat" de "Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1"
"What Is Love" de "Rio 2"

Além dos destaques vale ressaltar que If I Stay e Muppets, estão na lista com 3 músicas cada, Rio, tem mais 3 também.

Para visualizar a lista completa clique em Leia Mais...

Oscar® 2015 | Pré-indicados a Melhor Curta de Animação

Agora é a vez dos curtas de animação revelarem seus pré-indicados na categoria. A lista conta com 10 títulos, sendo que, anteriormente, haviam 58. Não sou o mestre da animações em pequeno formato, e muitas delas só possuem um teaser na internet da vida, então, não tem muito o que se fazer.

The Bigger Picture (National Film and Television School)
Coda (And Maps And Plans)
The Dam Keeper (Tonko House)
Duet (Glen Keane Productions & ATAP)
Feast (Walt Disney Animation Studios)
Footprints (Bill Plympton Studio)
Me and My Moulton (Mikrofilm em co-produção com a National Film Board of Canada)
The Numberlys (Moonbot Studios)
A Single Life (Job, Joris & Marieke)
Symphony No. 42 (Moholy-Nagy University of Art and Design Budapest)

A lista final de indicados será anunciada dia 15 de Janeiro de 2015, até lá.

Leia mais sobre O Oscar

Resenha | Como São Cativantes os Jardins de Berlim, Decio Zylbersztajn

11 de dez de 2014
Olá amigos, hoje tem resenha da editora que é parceira aqui do blog, a Reformatório, com o título, que pra mim, é um dos títulos mais delicados que já vi, Como São Cativantes os Jardins de Berlim, do Decio Zylbersztajn.

O livro é uma fantástica coletânea de contos que abordam temas diversos como família, a vida e o amor. Sim, os temas são bem abrangentes. Mas vamos falar de alguns contos do livro, que para mim, tiveram maior destaque.

A começar, pelo conto homônimo ao título. O conto tem um diferencial, porque nos ensina a ver o belo onde o belo basicamente não existe, pois os jardins "cativantes" de Berlim, apenas são cativantes quando estão repletos de gente e não no meio da semana como nos são apresentados, eles possuem um quê, especial que apenas agrada o interlocutor, e muitos dos leitores, afinal quem não quer um lugar tranquilo para ler um livro? E mais, o primeiro conto do livro tem duas personagens muito peculiares, as irmãs, que não convém dar muitos detalhes para não estragar a história.

Em seguida temos "Mão Pesada" que alerta para o fato de que não se deve abusar da sorte.

Em "Encruzilhada" outro ponto alto do livro, temos a humilde Dona Helena, contra o arrogante Homero, que brigam por um pedaço de terra. Os personagens são verdadeiras antíteses o que torna o conto uma luta silenciosa sobre o certo e o errado. E o nome faz jus ao caso, a história é cheia de momentos decisivos onde uma escolha deve ser feita, esses momentos são facilmente assemelhados com encruzilhadas, onde cada um, em dado momento da vida, vai encontrar a sua.

E por fim temos "O Milagre de São Gonçalo" que nos conta da festa quase extinta do santo, que acontece em Arraial do Barreiro, onde um moça espera pelo seu verdadeiro amor. o conto é belo e tem uma repetição que dá gosto de se ler e sua simplicidade é tocante.

Bom galera, é isso aí, nos vemos no próximo.

Ficha Técnica 
Título: Como São Cativantes os Jardins de Berlim
Autor: Decio Zylbersztajn
Acabamento: Brochura
Gênero: Contos
Editora: Reformatório
Tamanho: 14 x 21 cm
Edição: 1
Ano: 2014
ISBN: 8566887069
Nº de Páginas: 176

Leia mais Resenhas

Resenha | O Cão de Olhos Amarelos, Alberto da Cunha Melo

9 de dez de 2014
Resenha rápida para vocês... Não sei o que me deu nesses últimos meses que dei-me a ler poesia, e como já sabem, poesia é um troço difícil de resenhar, que prefiro deixar que os versos falem por mim. O Cão de Olhos Amarelos é uma coletânea de poemas dividida em três partes, na primeira o autor faz uma homenagem a estrutura dos Renkas, uma forma poética extinta no japão, que descende de outra mais antiga, o Waka [...]. Essas estruturas somadas e com alguns nuances, dão origem ao que conhecemos hoje como Haicai. A Segunda trata de temas diversos e períodos na vida do autor e a terceira é um belo jogo de palavras e ritmos.
Mas vamos lá.

Um dia temos de escolher
entre a dor que já padecemos
e a que tentamos inventar.
[in Script]

e, mais uma vez, correm todos
para amarrá-lo aqui na terra.
[...]
É a morte aqui tão adiada
que, se o fim nunca for lembrado,
ninguém sabe que está morrendo
[in UTI]

Tenho pra mim, que a poesia necessita de inspiração, não sou um gênio poeta, mas pra escrever é preciso estar sendo acometido de coisas externas, que literalmente te viram para dentro de si, temas como a dor ou a morte, dos trechos acima, fazem isso claramente. E são os tipos que mais gosto.

Numa terra se sombras,
as pessoas vivem
prisioneiras da luz
e, por isso, o dia
cada dia se estende mais:
e apenas estar vivo
é ter chegado com honra
ao fim da rota,
e cada dia de vida
adia a derrota
[in Nor-nordeste]

Outra forma de inspiração poderosa, a tristeza. Assim como seus amigos, a falta de esperança, o desejo de suicídio, o fracasso e anexos. E aqui, o próprio título indica uma falta de rumo, alguém que segue tangente ao norte e não para o norte.

Não se desesperem e pensem que a poesia só é feita de sentimentos "negativos", mas a condição está mais relacionada com o estado de espírito de quem escreve do que com os estímulos exteriores. Não lembro de ter lido alguma outra inspiração nos textos do livro, tinha alguns sobre as dúvidas da vida, ter filhos, mães e temas cotidianos. Acredito que no fim a poesia é feita para se pensar, porque o seu real significado só existe na mente do autor, e tentar descobrir isso, pode ser um caminho sem fim.

Até mais.

Leiam outras Resenhas

PGA 2015 | Producers Guild of America revela alguns dos indicados

4 de dez de 2014
O Producers Guild of America (PGA) anunciou seus indicados nas categorias para a televisão, tirando os principais como melhor séries drama e comédia, estes serão revelados junto com os indicados  de telefilmes e documentários no dia 5 de janeiro de 2015 e a premiação ocorre dia 24 de janeiro.

Melhor Produção de Documentário Teatral

The Green Prince (Music Box Films)
Life Itself (Magnolia Pictures)
Merchants of Doubt (Sony Pictures Classics)
Particle Fever (Abramorama/BOND 360)
Virunga (Netflix)

Prêmio Norman Felton para a Melhor produção de episódio para TV de Drama

Breaking Bad (AMC)
Downton Abbey (PBS)
Game Of Thrones (HBO)
House Of Cards (Netflix)
True Detective (HBO)

Prêmio Danny Thomas para a Melhor produção de episódio para TV, Comédia

The Big Bang Theory (CBS)
Louie (FX): Producers
Modern Family (ABC)
Orange Is The New Black (Netflix)
Veep (HBO)

Melhor Produção de Série de Não-Ficção

30 For 30 (ESPN)
American Masters (PBS)
Anthony Bourdain: Parts Unknown (CNN):
COSMOS: A SpaceTime Odyssey (FOX/NatGeo)
Shark Tank (ABC)

Melhor Produção de Reality Show de Competição

The Amazing Race (CBS)
Dancing With The Stars (ABC)
Project Runway (Lifetime)
Top Chef (Bravo)
The Voice (NBC) (Vendedor ano passado)

Melhor Produção de Entretenimento ao vivo/Talk Show

The Colbert Report (Comedy Central) (Vencedor ano passado)
Jimmy Kimmel Live (ABC)
Last Week Tonight With John Oliver (HBO)
Real Time With Bill Maher (HBO)
The Tonight Show Starring Jimmy Fallon (NBC)

Melhor Programa Esportivo

24/7 (HBO)
Hard Knocks: Training Camp With The Atlanta Falcons (HBO)
Hard Knocks: Training Camp With The Cincinnati Bengals (HBO)
Inside: U.S. Soccer’s March To Brazil (ESPN)
Real Sports With Bryant Gumbel (HBO)

Melhor Programa Infantil: Vila Sésamo

Dora The Explorer (Nickelodeon)
Sesame Street (Sprout) (Vencedor ano passado)
Teenage Mutant Ninja Turtles (Nickelodeon)
Toy Story OF TERROR! (ABC)
Wynton Marsalis: A YoungArts Masterclass (HBO)

Melhor Série Digital

30 For 30 Shorts (http://espn.go.com/30for30/shorts)
Comedians In Cars Getting Coffee (http://www.crackle.com/c/comedians-in-cars-getting-coffee)
COSMOS: A National Geographic Deeper Dive (https://www.youtube.com/watch?v=AkiFfAEB5M8)
Epic Rap Battles Of History (http://youtube.com/erb)
Video Game High School Season 3 (https://www.youtube.com/user/freddiew)

Leia mais sobre Premiações

Annie 2015 | Boxtrolls lidera as indicações do Oscar da animação

ANNIE Awards é o prêmio dedicado as animações, sim, filmes, curtas, comerciais e games feitos em forma de animação. Ele tem 36 categorias,  mas vou priorizar as relacionadas aos longa metragens feitos para o cinema, mas quando tivermos os vencedores, vou colocar todas as categorias. Boxtrolls lidera com 13 indicações.

Melhor Animação

Big Hero 6 - Walt Disney Animation Studios
Cheatin’- Plymptoons Studio
How to Train Your Dragon 2 - DreamWorks Animation
Song of the Sea - GKIDS/Cartoon Saloon
The Book of Life - Reel FX
The Boxtrolls - Focus Features/Laika
The LEGO Movie - Warner Bros. Pictures
The Tale of The Princess Kaguya - GKIDS/Studio Ghibli

Melhor Diretor em Animação

Big Hero 6 - Don Hall & Chris Williams
Cheatin’ - Bill Plympton
How to Train Your Dragon 2 - Dean DeBlois
Song of the Sea - Tomm Moore
The Book of Life - Jorge R. Gutierrez
The Boxtrolls - Anthony Stacchi & Graham Annable
The LEGO Movie - Phil Lord & Christopher Miller
The Tale of The Princess Kaguya - Isao Takahata

Melhor Roteiro em Animação

Big Hero 6 - Robert L. Baird, Daniel Gerson & Jordan Roberts
How to Train Your Dragon 2 - Dean DeBlois
Song of the Sea - Will Collins
The Boxtrolls - Irena Brignull & Adam Pava
The Lego Movie - Phil Lord & Christopher Miller
 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.