Resenha | Ratos, Gordon Reece | Bang Bang Escrevi

Resenha | Ratos, Gordon Reece

19 de ago de 2015
E aí, Fellas? Mais uma resenha pra vocês! Sabe aquele livro que você compra porque gostou da sinopse, então, Ratos é esse livro.

Quando comprei esse livro, não fazia a menor ideia do que se tratava a história, mas gostei do tema, fala de pessoas que são oprimidas, uma clássica temática relacionada ao Bullying, nossa protagonista, a jovem, Shelley foi vítima de um trauma na escola, o que leva a família a buscar uma espécie de refúgio no campo.

A família de Shelley, passou por um divórcio tortuoso, onde o seu pai traiu a sua mãe com a secretária e blá-blá-blá, clichê. A mãe é advogada e extremamente esforçada, faz de tudo pela menina, o que a torna em uma heroína. É interessante ver como a Shelley entende os sacrifícios da sua mãe mesmo tendo apenas 16 anos, e como isso se desenvolve durante a leitura. A relação das duas se torna extremamente forte e vai muito além do vínculo mãe e filha.

Shelley que narra a história e em inúmeras passagens ressalta o fato dela e da mãe serem "ratos", isso é, em sua definição, "pessoas que procuravam um lugar para se esconder", em uma abordagem aumentada, Shelley e sua mãe eram consideradas pessoas fracas pela/para a sociedade, que sempre concordam com o que lhes for imposto, que não tem voz própria. Essa fraqueza é representada na forma como a Shelley tratou o bullying, sem saber que era bullying e em como a mãe dela aceitou que o pai levasse tudo durante o divórcio.

E até tal momento, envolto no drama familiar e na história do trauma que a garota passou na escola, o autor apresenta uma reviravolta na história, que pra mim, apareceu meio do nada, mas que deu um tom muito mais interessante na história, deixando o restante como uma subtrama. Em todo momento, como visto acima, existe uma hipérbole da fraqueza física e mental da nossa protagonista e da sua mãe, através da relação com a figura do rato, acentuada pela ironia da nossa jovem de 16 anos, o que é bem comum nessa idade. A partir desse momento o livro é desclassificado como "uma leitura em caso de bullying". O autor atinge extremos bem interessantes.

Eu fico fascinado por esse tipo de coisa, e um pouco assustado também, porque afinal fico pensando em como seria se fosse eu naquela situação, o que teria feito? A resposta permanece um mistério para mim. Ratos, torna-se aquele tipo insano de livro, que leva as pessoas a enfrentarem seus medos, desde que entendam que extravagâncias não são necessárias. Claro, trata-se de uma ficção, mas os personagens não estão em outra dimensão ou era da história, eles podem representar alguém que você conhece; seus vizinhos, seus parentes ou até mesmo você.

Ficha Técnica 
Título: Ratos
Autor: Gordon Reece
Acabamento: Brochura
Gênero: Ficção
Editora: Intrínseca
Ano: 2011
I.S.B.N. 9788580570700
Nº de Páginas: 240

Leia mais Resenhas
Victor Candiani

Uma pessoa que gasta muito tempo com livros, filmes e séries.

Comentários
0 Comentários
Deixe seu comentário
Postar um comentário

 
Bang Bang Escrevi | Todo conteúdo está sob a proteção da licença Creative Commons 3.0.